PROTETORES AURICULAR OU ABAFADOR

Desta vez vamos falar sobre os abafadores, a importância de seu uso, e algumas curiosidades sobre som, ruído e suas medições.

Imagem          Imagem

O que são os SONS:
som é a propagação de uma frente de compressão mecânica ou onda mecânica;é uma onda longitudinal, que se propaga de forma circuncêntrica, apenas em meios materiais – que têm massa e elasticidade, como os sólidoslíquidos ou gasosos.

Seres humanos e vários animais percebem sons com o sentido da audição, com seus dois ouvidos, o que permite saber a distância e posição da fonte sonora: a chamada audição estereofônica

Percepção do som:
Para os humanos, a audição é normalmente limitada por frequências entre 20 Hz e 20.000 Hz (20 kHz), embora estes limites não sejam absolutos. O limite maior normalmente decresce com a idade.

O que é RUÍDO:
O ruído está normalmente presente em todas as atividades humanas. Quando se avalia o impacto do ruído que ocorre durante o trabalho no bem-estar e saúde dos trabalhadores, o ruído é normalmente designado por ruído laboral ou Ruído ocupacional.

A diferença entre SOM e RUÍDO: Fisicamente não existe qualquer diferença entre o som e o ruído. O SOM é uma percepção sensorial e o RUÍDO é visto como sendo um som indesejado.

A intensidade Sonora:
Todo sistema sensorial tem um limite mínimo e um limite máximo para responder a um estímulo. A média da população com audição normal é capaz de ouvir sons tão fracos quanto -10 a 0 dB (o som de uma folha caindo de uma árvore é mais forte!…) e tolerar, sem desconforto, sons de 90 dB, desde que por um período curto de tempo. Sons de 130 dB chegam a provocar dor.

Os sons da fala situam-se principalmente entre as freqüências de 250 e 8000 Hz e variam entre 15 e 45 dB de intensidade. Para se ter uma idéia, o som de um torneira gotejando é de aproximadamente 20 dB, de uma conversação tranqüila é de 45-55 dB, o som de um secador de cabelo é de 85 a 90 dB, um caminhão pode chegar a 100 dB, a turbina de um avião é de mais ou menos 130 dB, podendo equivaler ao som de shows de rock!

Efeitos dos sons intensos no organismo
Os efeitos do som no nosso organismo dependem do tempo de exposição, da intensidade sonora e da susceptibilidade individual.
O efeito mais conhecido da exposição a sons intensos, sejam eles agradáveis (como concertos de música clássica ou de rock) ou não (como o ruído de trânsito intenso), é a perda de audição temporária (a princípio) ou definitiva.
Há, no entanto, outros sintomas comuns e não menos importantes que podem ocorrer com ou sem instalação da perda auditiva: zumbido, deterioração do reconhecimento da fala, intolerância a sons (hiperacusia), nervosismo, ansiedade, dores de cabeça, tonturas, constrição dos vasos sanguíneos periféricos, perturbações circulatórias, taquicardia, aumento da condutância da pele, dilatação da pupila, diminuição da motilidade gastro-intestinal (ocasionando gastrite, úlcera), alterações do apetite e do sono, liberação de noradrenalida, adrenalina (hormônios do medo, da raiva e da ansiedade) e cortisol.

Segue abaixo a tabela de limites de tolerância para ruído contínuo ou intermitente, de acordo com o Anexo I da Norma Regulamentadora nº 15 (NR 15), Portaria 3.214 de 08/06/1978 (Ministério do Trabalho), que dispões sobre o programa de Prevenção de Riscos Ambientais.

Nível de ruído dB (A) Máxima exposição diária permissível

85

8 horas

86

7 horas

87

6 horas

88

5 horas

89

4 horas e 30 minutos

90

4 horas

91

3 horas e trinta minutos

92

3 horas

93

2 horas e 40 minutos

94

2 horas e 15 minutos

95

2 horas

96

1 hora e 45 minutos

98

1 hora e 15 minutos

100

1 hora

102

45 minutos

104

35 minutos

105

30 minutos

106

25 minutos

108

20 minutos

110

15 minutos

112

10 minutos

114

8 minutos

115

7 minutos

DECIBÉIS:
O nível de intensidade sonora (“sound pressure level” – SPL) em dBSPL é medido com referência à pressão de 0,0002 microbar, que é a pressão sonora no “limiar da audição”.
Os níveis de 90 a 180 decibéis são extremamente perigosos no caso de exposição constante.

Imagem

Por isto é tão importante o uso de abafadores ou protetor auricular. Tanto para a prática de esportes de tiro onde os ruídos são constantes, como para em locais de trabalho onde existe constante de ruídos.
A exposição repetida ao ruído excessivo pode levar à perda irreversível da audição. Como o processo de perda é lento e progressivo, o indivíduo só consegue perceber quando as lesões já estão avançadas.
Os trabalhadores que sofrem com perda auditiva começam a ter dificuldades para perceber os sons agudos, tais como toques de telefones, apitos, campainhas e, posteriormente, começam a ter dificuldades de escutar as outras pessoas e sofrem de zumbidos e tonturas.
A perda da audição, ainda que parcial, tem uma grande influência negativa na qualidade de vida do ser humano, causando danos ao seu comportamento individual, social e psíquico, como: perda da auto-estima, insegurança, ansiedade, inquietude, estresse, depressão, alterações do sono, maior irritabilidade, isolamento etc.

Em nossa loja você encontra protetores auriculares de vários modelos e preços.
http://www.arearestrita.com/Busca.aspx?strBusca=abafador

O USO E CUIDADOS COM SEUS PROTETORES AURICULARES:
O que fazer e o que não fazer ao usar abafadores

Vedação

– Vede firmemente as almofadas contra a cabeça.

Evite Obstruções

– Não permita que os cabelos obstruam o ouvido ou o ajuste seguro dos abafadores

– Cubra totalmente o ouvido.

– Os abafadores não devem ficar tortos ou desequilibrados sobre os ouvidos.

Manutenção

– Inspecione regularmente os abafadores e as almofadas quanto a rachaduras e vazamentos de ar. Descarte se estiverem visivelmente danificados ou comprometidos.

– Limpe os abafadores e as almofadadas regularmente com água e sabão neutro.

– Substitua as almofadadas e a espuma a cada 6-8 meses sob uso normal e a cada 3-4 meses sob uso intenso ou em clima úmido/extremo.

MODELOS:

ELETRÔNICO: http://www.arearestrita.com/Produto–ACESSORIOS-PARA-TIRO–Abafadores-Abafador-Eletronico-Champion—25-dB—Preto-versao-450-460.aspx

Abafador Eletrônico tipo concha, retrátil, marca Champion com 4 pontos de apoio para dividir uniformemente a pressão das almofadas fornecendo maior conforto por longas horas de uso. Possui 2 microfones instalados na parte externa de cada que transferem o som para o interior da concha os quais são desligados automaticamente com ruídos (estampidos) acima de acima de 85db para proteger os ouvidos no momento dos disparos. O controle de regulagem de volume podem ser ajustado individualmente para cada concha , possibilitando a comunicação sem a necessidade de remover o abafador.

Disponível na cor Preta e Rosa
Marca: Champion / Modelo Eletronic Earmuffs 25 dB NRR.
Utiliza quatro pilhas do tipo : AAA (não fornecidas)

SLIM: http://www.arearestrita.com/Produto–ACESSORIOS-PARA-TIRO–Abafadores-Abafador-Slim-Champion—21-dB-NRR-versao-538-549.aspx

Abafador Slim (modelo fino) tipo concha, retrátil, marca Champion com 4 pontos de apoio para dividir uniformemente a pressão das almofadas fornecendo maior conforto por longas horas de uso.

Disponível na cor Preta ou Rosa
Marca: Champion / Modelo Slim Earmuffs 21 dB NRR.

PROTETOR AURICULAR DE SILICONE: http://www.arearestrita.com/Produto–ACESSORIOS-PARA-TIRO–Abafadores-Protetor-Auricular-em-Silicone—26-dB-versao-537-548.aspx

Protetor Auricular em Silicone com corda suporte
Protege 26 dB
cor laranja
acompanha estojo Plástico

Texto escrito por: Cris DreFer

FONTES:
http://www.fonoesaude.org
www.portalsaofrancisco.com.br
www.explicatorium.com
pt.wikipedia.org

Anúncios