Recarga de munição

A recarga de munição é fascinante, e indispensável na prática esportiva de tiro.

Além de uma arte, é uma terapia. Pois exige tempo e dedicação. Pode parecer muito simples, mas é de extrema complexidade.

 A habilidade e utilização de equipamentos adequados são primordiais, não é possível fazer uma recarga sem conhecimentos sobre o assunto, nem sem materiais e equipamentos adequados.

Segue algumas dicas e informações importantes:

A Recarga de Munição é utilizada por atiradores para montar munições, reutilizando o estojo e inserindo nova espoleta, propelente (pólvora) e projétil.

A atividade é regulamentada no Brasil pelo DFPC (Departamento de Fiscalização de Produtos Controlados), portanto para realizar a recarga o atirador deve obter autorização (Certificado de Registro – CR).

A espoleta e o propelente (pólvora) são materiais perigosos e o seu manuseio deve ser realizado por pessoas devidamente habilitadas.

Necessitamos de alguns equipamentos básicos para realizar o procedimento de recarga:

  • Tamboreador.
  • Prensa para recarga (Die, Shell holder).
  • Balança.
  • Funil.
  • Bandeja.

 

Mundialmente é utilizada para se medir a massa dos componentes para recarga a unidade de medida grain (grão), que corresponde a aproximadamente 0,0648 gramas.

Normalmente os fabricantes de dies fornecem para os calibres de uso nas Pistola e Revolver três dies: Despoletador / Calibrador, Abertura da boca do estojo, Assentamento do projétil e fechamento.

Nos calibres destinados a uso em Fuzil são fornecidos apenas dois dies: Despoletador/Calibrador e assentamento do projétil.

Preparação dos estojos

Podemos adquirir estojos novos ou reutilizar estojos defragados.

Caso o estojo esteja muito sujo, é necessária a limpeza prévia antes do processo de retirar a espoleta e calibrar o diâmetro utilizando-se a prensa e o jogo de dies e shell-holder do calibre específico.

  • Limpeza dos estojos – Com os estojos devidamente calibrados e a espoleta retirada, devemos utilizar um tamboreador, que pode utilizar o processo de limpeza liquida ou seca.
  • Espoletamento – Para assentar a espoleta, podemos utilizar a ferramenta de espoletamento que acompanha a prensa.
  • Abertura da boca – Utilizamos o die especifico para abertura da boca do estojo possibilitando a posterior inserção do projétil.
  • Inserção da Pólvora – Inserimos com a ajuda de um funil a quantidade de pólvora necessária.
  • Inserção do Projétil – Com o die e shell holder especifico fixamos o estojo com a pólvora e inserimos o projétil, acionando a prensa o projétil deverá ficar na altura correta (OAL) e efetuamos o fechamento do estojo (taper climp).

Temos a venda em nossa loja:

* Conjunto de Fúnis e Bocais;
* Bandeja Universal para 50 cartuchos;
* Balança Digital
* Case Cleaner (limpa cartuchos)

http://www.arearestrita.com/SubCategorias.aspx?IdCategoriaFilho=34

 

Link das Normas para Recarga de Munição:
http://www.fgtp.com.br/leis/portaria1024de04dez97.pdf

 

Link site interessante:
http://maxmargon.vilabol.uol.com.br/recarga_de_municoes.htm
http://www.movimentovivabrasil.com.br/

Referência Wikipédia.

Anúncios